Massagem Infantil II

MASSAGEM INFANTIL

massagem_ftima_1

Na sociedade em que vivemos predomina a comunicação visual e oral. Como consequência, os pais dedicam menor atenção ao contacto físico dos seus filhos, sendo que, a

massagem, é enriquecedora de uma relação afectiva entre pais e filhos, criando uma intimidade e vinculo único que faz a criança se sentir amada e protegida.

 

Este tipo de contacto físico permite à criança desenvolver a sua auto estima e, consequentemente, torna-se um ser mais seguro e preparado para enfrentar o mundo.

 

O tacto é o primeiro e mais importante sentido de comunicação entre a mãe e o recém-nascido. Funciona como sistema mediático entre a criança e a pessoa que cuida

dela. Sendo assim, a pele permite ao recém-nascido comunicar através do toque.

 

massagem_ftima_2

 Ao longo dos primeiros meses de vida do bebé, O TOCAR É A LINGUAGEM QUE ELE MELHOR ENTENDE.

A massagem é a arte de tocar com qualidade, proporcionando à criança bem-estar, fortificação na vinculação mãe-    criança.

 

 

 

A massagem infantil foi implementada no Ocidente pelo obstetra francês Fréderik Laboyer, que numa das suas viagens à Índia em meados de 1970, observou em Calcutá uma

  mãe massajando o seu bebé (ver vídeo neste site). Durante a aplicação da massagem o bebé, sorria e olhava fixamente para a mãe, verificando-se grande cumplicidade,

interacção e comunicação entre ambos.

 

Laboyer deu o nome de Shantala a massagem visto ser este o nome da mulher que a aplicava.

 

A massagem permiteque a energia da mãe/ pai e da criança circulem, havendo uma troca harmoniosa entre estes. Através dasos dos pais, a criança, tem contacto com

várias sensações como o CALOR, a SEGURANÇA e a PAZ.

massagem_ftima_3

 

 

    A massagem é aplicada na criança desde o inicio da sua vida, visto que, durante a vida uterina a criança passa por

    experiências de contacto íntimo e completo com a mãe. A criança sente-se amparada, amada e segura. Estas trocas

    são necessárias para a sua estabilidade física e emocional.

 

 

 

 

Os movimentos do corpo da mãe e as contracções uterinas durante a gestação são as primeiras massagens da criança e estas intensificam-se durante o trabalho

de parto.

 

A massagem ajuda a intensificar a união inicial do momento do nascimento.

 

O bebé aprende a gozar da sua segurança e bem-estar de amar e ser amada.

 

Vai adquirindo conhecimento sobre o seu próprio corpo à medida que os pais vão aplicando a massagem pelo seu corpo.

 

Enquanto os pais acariciam com suavidade a pele da criança, olham-na nos olhos, cantam e falam com doçura.

 

A aplicação regular da massagem proporciona aos pais a familiarização com a linguagem corporal do seu filho.

 

A massagem junta intimidade, comunicação, brincadeira e cuidados o que faz com que os pais se sinta mais competente.

 

Quando os pais dedicam o seu tempo a tocar e acariciar o seu filho está a enviar a sua mensagem de amor.

 

Para aqueles que praticam com regularidade, a massagem proporciona relaxamento dos nervos, músculos e ossos; colabora com o sistema digestivo mantendo a

circulação e o equilíbrio dos gases do corpo, leva ao sono profundo e alegra a vida.

 

massagem_ftima_4 

  

  Independentemente da idade da pessoa, uma vez que a massagem seja submetida, será estimulada a sua

  circulação sanguínea e linfática, proporcionando relaxamento, oxigenação e nutrição das células.

  

  Além disto, desintoxica o organismo descarregando e aliviando as tensões ou bloqueios de energias

  nos órgãos e em todo o sistema nervoso.

 

 

 

 

 

Ao aplicarmos a massagem estamos a proporcionar às crianças, benefícios que são importantes para o seu bem-estar e para um melhor funcionamento do seu organismo,

   vamos mencionar alguns destes:

                         RELAXAMENTO: Melhoria da circulação sanguínea; Redução de problemas metabólicos; Revigora o estado de espírito; Redução de stresse emocional e físico

 

                         ESTIMULA O SISTEMA IMUNITÁRIO: Melhoria da frequência cardíaca; Tonifica os músculos; Melhoria do funcionamento do aparelho locomotor; Alivio

                         das insónias; Alivio das cólicas; Equilíbrio energético; Melhoria das sensações de segurança e auto-estima; Vínculo afectivo.

 

   As massagens, além de darem benefícios à criança também são benéficas para os pais pois proporciona relaxamento. Ao interagir com a criança toda a atenção, os pais

  estarão concentrados na criança.

 

  Dá confiança, pois os pais que compreendem o seu filho tendem a se sentir confiante no desempenho do seu papel.

 

  Produz sensibilidade ao aplicarem a massagem os pais estão mais despertos para verem se o seu filho está calmo ou se está incomodado.

 

  Há uma maior intercomunicação não verbal, e proporciona momentos de intimidade entre ambos.

 

Quando não aplicar a massagem?

                       Existem algumas contra indicações à aplicação da massagem, entre as quais:

                                                                          Febre; Diarreia; Infecção; Doença cancerígena; Problemas de pele; Instabilidade clínica.

 

Quando e como deve ser aplicada? 

A massagem deve ser aplicada num ambiente calmo, tranquilo e aquecido.

 

A massagem infantil aplicada diariamente ajuda muito quando se trata de manter e intensificar os vínculos afectivos entre pais e criança que estão ao cuidado de outros durante

 o dia.

 

A massagem facilita ao seu filho aproximar-se dos outros e ser mais empático. Ele mais facilmente irá responder a problemas sociais com compaixão e altruísmo, e

experimentará a vida como uma aventura alegre, na qual, teve oportunidade de amar e ser amado. Irá ajudar aos outros oferecendo a sua ajuda para o bem-estar da humanidade.

massagem_ftima_7

Na Região Autónoma da Madeira, são vários os Centros de Saúde que promovem este Curso e aplicação de massagem aos pais /generalidade são enfermeiros especialistas de

 saúde infantil e pediatria que o fomentam. Esta oferta também está disponível em algumas entidades privadas, sendo compostas por um total de 4 a 5 onde os pais/cuidadores

 podem disfrutar desta aprendizagem, associando a um leque de conhecimentos sobre desenvolvimento infantil.

Fátima Jardim

Enfermeira Especialista em Saúde Infantil e Pediatria

Registe-se