Massagem infantil I

MassagemA massagem infantil é a arte que usa as mãos como forma de contacto. Muito antiga e tradicional nos países orientais, na qual as mães massajam os seus filhos transmitindo harmonia e amor. A primeira fonte de comunicação entre mãe/bebé é o toque e é através deste que o recém-nascido tem as primeiras experiências de amor e carinho humano. É um meio poderoso de comunicação que fortalece os laços emocionais existentes entre pais/filho.

Os quatro grandes pilares da massagem infantil segundo Scheneider (2005) são: a interacção, a estimulação, o alívio e o relaxamento. A interacção promove o bonding/vinculação, contacto precoce com ambos os pais, comunicação verbal e não verbal, amor e respeito. A estimulação envolve o crescimento, a melhoria das capacidades de aprendizagem e o desenvolvimento dos diversos sistemas (circulatório, digestivo, hormonal, imunitário, linfático, nervoso, respiratório, vestibular muscular). O relaxamento engloba a melhoria dos padrões de sono, auto regulação, aumento da flexibilidade, redução dos níveis de stress, menor hipersensibilidade e hiperactividade. Por fim, o alívio pode ajudar as cólicas, obstipação, tensão muscular, tensão física e psicológica.

É através da massagem que os pais promovem e fortalecem a ligação com os seus filhos, com impacto muito positivo no desenvolvimento infantil.

Os bebés que são massajados tornaram-se mais sorridentes, atentos ao que lhes rodeia e vocalizam mais com os pais.

Sofia Alves
Enfermeira especialista saúde Infantil e Pediatria

Scheneider, V. (2005). Masaje infantil: Guia prática para el padre y la madre.(2ª ed.) Barcelona: Ediciones Médici.

Registe-se